No seu bairro tem coleta seletiva?
15 de setembro de 2021
Você sabe descartar corretamente lâmpadas, medicamentos, pilhas e óleo?
7 de outubro de 2021
Exibir tudo

Inspire-se na história do Hélio da Silva, o plantador de árvores

Você sabe quem é Hélio da Silva?
Acredite se quiser, mas ele é ninguém mais, ninguém menos do que o homem que já plantou mais de 25 mil árvores em São Paulo!
Você não leu errado!

Tudo começou em 2003, quando o gerente comercial, começou a plantar mudas de árvores nas margens do Rio Tiquatira, no bairro da Penha, Zona Leste da capital paulistana.
Sua atitude deu origem, 18 anos depois, ao Parque Linear Tiquatira, de quase 4 km de extensão, com mais de 33 mil árvores e 160 espécies nativas da Mata Atlântica, que inclui pau-brasil, araucária, jequitibás, aroeiras, ipês e embaúbas.

Cultivar que chama?
Helio transformou não só o meio ambiente da região, mas também promoveu mudanças sociais e culturais na região. O que era uma área degradada, com muito lixo, usado para consumo de drogas e extremamente perigoso, se tornou um ambiente agradável, que conta com pista de cooper, quiosques, banheiro público, pista de skate e bicicross e quadras de futebol, perfeito para praticar exercícios, fazer caminhada, ouvir o cantar dos pássaros e estar com a família, pets e amigos. Na área funciona também o Clube Escola (SEME) e um Clube da Comunidade (CDC) que cuida de um campo de futebol e uma cancha de bocha.

Ah! E tudo tem planejamento
A cada 12 árvores plantadas, uma é frutífera silvestre, como amoras, pitangas, araçás, justamente para atrair pássaros e fazer do parque uma verdadeira sinfonia, cheia de vida e cores. De acordo com a Secretaria do Verde e do Meio Ambiente, o parque atraiu aves como garça-branca-grande, caracará, rolinha, periquito-rico, anu-preto, beija-flor-tesoura, joão-de-barro, ferreirinho-relógio, suiriri-cavaleiro, bem-te-vi, corruíra, entre outros.

Corrente do bem
Hoje, o senhor Hélio conta com a ajuda de amigos, que assim como ele, são incansáveis no cuidado e amor por cada árvore do Parque Linear. Ele conta, inclusive, que conversa com elas, e que essa “terapia verde” o ajuda a resolver muitos dos seus problemas pessoais e profissionais.

Resistência e persistência
No início, houve resistência por parte dos comerciantes no início, pois acreditavam que as árvores atrapalhariam a visualização dos estabelecimentos comerciais do local. Várias mudas foram destruídas, mas a insistência de Hélio da Silva foi importante para fazer do Parque o que ele é hoje.

Que o senhor Hélio da Silva nos sirva de exemplo de que plantar é literalmente colher. Que cada semente, que cada muda, faz diferença e tem seu papel indispensável no mundo em que habita. E nós? Também somos sementes do mundo. Portanto, semear e cultivar é o nosso papel.

Quer visitar? É simples, basta chegar!
Parque Linear Tiquatira – Eng. Werner Eugênio Zulauf
Av. Governador Carvalho Pinto, s/n – Vila Sao Geraldo, São Paulo – SP, 03732-160
Informações: 11 2641-2712

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *