Do Pinheiro à árvore de Natal
24 de dezembro de 2020
Crianças que vivem em locais com mais árvores são menos propensas a doenças
31 de dezembro de 2020
Exibir tudo

Economia Verde

A conscientização de que os recursos naturais são finitos e a preocupação com o futuro do meio ambiente, deram origem aos conceitos de economia verde e desenvolvimento sustentável, cada vez mais discutidos na atualidade.

Ações sustentáveis bem implementadas no presente, farão com que no futuro possamos viver bem, em harmonia com o meio ambiente, utilizando os recursos naturais de acordo com as necessidades, sempre visando sua contenção.

O termo economia verde sugere que o conjunto de processos produtivos da sociedade e suas transações devem contribuir cada vez mais para o desenvolvimento sustentável, tanto nos aspectos sociais quanto ambientais, valendo-se da tecnologia e do avanço cientifico para essa finalidade.

Dessa forma, sustentabilidade socioambiental deve ser incluída e priorizada nas decisões econômicas, considerando os ganhos financeiros, inclusive, de longo prazo. Para isso, um modelo bastante utilizado é a forma de medição empresarial com base em um tripé que pondera: o economicamente viável, o ambientalmente correto e o socialmente responsável.

É objetivo da sustentabilidade que os recursos naturais sejam consumidos de forma consciente e suficiente, sem que o meio ambiente, a biodiversidade, os valores sociais e culturais sejam deixados de lado. Em geral indicadores como estes são apresentados em relatórios corporativos de empresas comprometidas com o desenvolvimento sustentável.

Uma tendência a ser ampliada é os consumidores exigirem das empresas mais do que qualidade dos produtos, diferenciação e custos, mas também questionar o atendimento a leis ambientais e o desenvolvimento de práticas sociais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *